Comunicados

Excelência Agostiniana 2018

09 de agosto de 2018

LISTA DE CONTEMPLADOS

Excelência Agostiniana

Honra ao Mérito

CRITÉRIOS:

A Excelência Agostiniana terá em 2018 a sua 6ª edição. Cada ano aprimoramos o conceito e critérios para que possamos, efetivamente, traduzir a sua essência.
 
O projeto foi criado para identificar e valorizar todos os estudantes que não se contentavam com o somente “passar de ano” – estipulamos um alvo de média geral igual ou acima de 80%. Ainda destacamos os três melhores resultados por segmento.  Assim foi na 1ª edição.
 
Ao avaliarmos a primeira edição concluímos que a nota, apenas não traduzia aquilo que entendíamos corresponder ao conceito de excelência agostiniana. Estava faltando refinar o critério e o conceito.
 
Observamos que muitos se esforçavam e demonstravam valores agostinianos; entretanto, por não alcançarem média acima de 80% não recebiam nenhuma menção. Criamos o destaque de Honra ao Mérito para esses casos. Hoje são escolhidos três alunos por série com este perfil.
 
Para além da nota criamos outras categorias de avaliação: participação nos projetos sociais, esportivos e culturais da escola, além de um comportamento condizente com os valores da escola. Mesmo com estas alterações, o peso da nota estava acima dos outros critérios, sendo decisivo na qualificação final.
 
Estipulamos então peso igual para as categorias e mudamos o caráter da premiação e também passamos a chamar à frente os dez alunos que se destacaram em todos os requisitos e desse grupo, os professores e equipe pedagógica elegiam três para receberem o prêmio. Os escolhidos precisavam ser, reconhecidamente, valorosos em sua conduta, relação com os professores e pares.
 
Por fim, observamos que somente ter média igual ou acima de 80% também não estava condizendo com a excelência agostiniana. Alguns estudantes tinham facilidade de aprendizagem e conquistavam altas notas, entretanto, não contemplavam de modo suficiente outros critérios que constituem um estudante
 
Sendo assim, a partir de 2018, o Conselho Pedagógico decidiu, após uma longa reflexão que, para estar na diplomação da excelência agostiniana é preciso atender, em primeiro lugar:  conduta geral de respeito com os colegas, professores e funcionários. Isso implica não ter sofrido suspensão ou advertências por questões disciplinares no ano vigente. Acreditamos que não é coerente chamar de aluno agostiniano por excelência aquele que inviabiliza a convivência coletiva, desrespeita os colegas e professores. Atendida esta exigência aí sim, vem o segundo critério: nota igual ou acima de 80%.

Atenciosamente,

Aleluia Heringer
Diretora do Colégio Santo Agostinho - unidade Contagem