Notícias

07 de novembro de 2019

Mantenedora do Colégio terá dois representantes em encontro promovido pelo Papa Francisco

Entre os 500 selecionados, em todo o mundo, para participar do evento A Economia de Francisco (The Economy of Fracesco), estão dois colaboradores da Sociedade Inteligência e Coração (SIC), mantenedora do Colégio Santo Agostinho e de Obras Sociais Agostinianas. São eles: Marlos Carmo, Líder de Inovação da SIC e Fernanda Vidal, Coordenadora de Cursos Livres da Casa Gaia - Centro Agostiniano de Referência em Ecologia Integral.​ O encontro será realizado de 26 a 28 de março de 2020, em Assis, na Itália.

Convocado pelo Papa Francisco, o evento propõe um momento para se repensar o cenário global e tem como objetivo criar uma economia que tenha inspiração em São Francisco de Assis: mais justa, sustentável e inclusiva.
Participam do encontro jovens de até 35 anos, representando mais de 45 países, entre os quais, Brasil, Angola, Portugal, Cuba, Japão, Arábia Saudita e Estados Unidos. Em poucos meses, o site www.francescoeconomy.org alcançou 2 mil inscritos.

Fernanda Vidal contou que o processo para a seleção dos participantes levava em conta as motivações, experiências e projetos realizados: "As nossas experiências individuais, como projetos educacionais e negócios sociais, tiveram um papel relevante no processo seletivo, mas a existência da Casa Gaia e de seu propósito, acredito, fez a diferença. Participar de uma instituição filantrópica, agostiniana, sintonizada com a carta Laudato si' e focada, desde já, em trazer ao mundo a visão da nova economia a favor da vida e da ecologia integral contam muito para que nossa presença no evento seja desejada. Percebemos que a Sociedade Inteligência e Coração não poderia ficar de fora desse movimento e resolvemos nos inscrever"

Marlos Carmo afirma que é muito gratificante ter a possibilidade de aprender e compartilhar com 500 jovens de todo o mundo, que podem fazer a diferença na construção de um futuro melhor: "O pacto é global, mas toda esta experiência deve ser cultivada e ampliada na esfera local e espero que com esta participação possamos ter mais força no compromisso da transformação social nos locais onde atuamos". O Líder de Inovação também cita uma frase que o marcou e o que o motivou a se inscrever "ouvi uma fala do Luigino Bruni, professor de Economia Política na Universidade Lumsa, que me marcou, ele disse: 'Será um festival de economia dos jovens com o Papa, jovens empresários, doutorandos ou pesquisadores, um meio-caminho entre Greta Thunberg e os poderosos da terra'. É um encontro do Papa com que estuda e pratica uma economia diferente. Uma economia que humaniza e que inclui. E isso tem muito tudo a ver com o meu propósito" completou Marlos.
 
​A economia e o desejo de Francisco
A iniciativa – de fazer um pacto com os jovens para uma economia diferente – foi lançada em maio de 2019, com a publicação da carta de apelo do Papa Francisco dirigida ao grupo de jovens empreendedores do mundo. No texto, o Pontífice pede aos jovens para “juntos se conhecerem” e, depois, “fazerem um ‘pacto’ para mudar a economia atual e dar uma alma à economia de amanhã”.

Trabalhos que antecedem evento internacional
Em preparação ao encontro internacional em Assis, os jovens irão realizar workshops, laboratórios, seminários de estudos e conferências nas suas próprias realidades para fazer emergir o pensamento e o novo agir econômico. As iniciativas, em diferentes partes do mundo, podem ser comunicadas ao site oficial do evento para serem inseridas na programação, como já constam as ações na Itália, na Espanha e em Camarões. Todas as informações e novidades serão disponibilizadas no site e nos canais sociais oficiais do evento no Facebook, Instagram, Twitter, YouTube e Flickr. Em Belo Horizonte, a PUC Minas irá promover um seminário no dia 11 de novembro. 

Especialistas e jovens unidos por uma economia diferente
O evento The Economy of Francesco consistirá de laboratórios, eventos artísticos e plenárias com renomados economistas, especialistas em desenvolvimento sustentável, empreendedores e empreendedoras, que hoje estão comprometidos em nível mundial com uma economia diferente. A intenção é refletir e trabalhar em conjunto com os jovens nestes três dias.

Favorecer o surgimento de novas ideias e ações
Longe de ser uma conferência tradicional, o encontro será uma experiência em que teoria e prática se entrelaçam para construir novas ideias e colaborações. Um programa onde o tempo desacelera para abrir espaço também para reflexão e o silêncio, às histórias e aos encontros, à arte e à espiritualidade, favorecendo o surgimento do pensamento e da ação econômica dos jovens.

Outras informações estão disponíveis no site: www.francescoeconomy.org
Compartilhe