Notícias

28 de dezembro de 2018

Prestação de contas

“Nada se perde, e eleva o coração de quem doa, ainda que não o saiba.”


No decorrer do ano, recolhem-se muitas vezes moedinhas ao chão, um real aqui, três acolá... e ficam guardados à espera de quem os perdeu. Resultado? Algo em torno de R$320,00 que tiveram um destino certo: aldeia Pataxó, no interior de Bicas.

Com a ajuda das professoras Mércia (da Educação Infantil) e Inez (do 6º ano), foram compradas e doadas 5 cestas básicas de 25 kg cada, além de outras doações recolhidas (roupas de cama e de uso pessoal, produtos de higiene, brinquedos) e muita prosa e afeto aos índios da aldeia Pataxó no Interior de Bicas.

São mais de 60 pessoas vivendo às margens do rio Paraopeba. Ainda sem luz elétrica, sobrevivem da pequena produção agrícola, artesanato e doações. Entre eles, 19 crianças em idade escolar, mas sem escola. Parece haver a promessa da prefeitura local de atender à demanda em 2019. Constatamos também a presença de uma ONG, do Chile, que está ajudando na construção de casas suspensas.

Donativos entregues. Missão cumprida. Agradecimento a todos que indiretamente tornaram isso possível.

Compartilhe