Notícias

17 de dezembro de 2018

Reconhecimento do desenvolvimento acadêmico e humano

GALERIA DE FOTOS

O Colégio Santo Agostinho Contagem realizou a 6ª edição da Excelência Agostiniana. O projeto foi criado para identificar e valorizar todos os estudantes (do Ensino Fundamental II e Ensino Médio) que não se contentavam com o somente "passar de ano" – estipulamos um alvo de média geral igual ou acima de 80%. Para além da nota, criamos outras categorias de avaliação: participação nos projetos sociais, esportivos e culturais da escola, além de um comportamento condizente com os valores da escola.

A partir de 2018, foi decidido que para estar na diplomação da Excelência Agostiniana é preciso atender, em primeiro lugar:  conduta geral de respeito com os colegas, professores e funcionários.  O Colégio acredita que não é coerente chamar de aluno agostiniano por excelência aquele que inviabiliza a convivência coletiva, desrespeita os colegas e professores. Atendida esta exigência aí sim, vem o segundo critério: nota igual ou acima de 80%.

Neste ano, 237 estudantes apresentaram os critérios citados acima e foram contemplados na 6ª edição do evento. Dentre eles, três alunos de cada segmento, que apresentaram melhor nota, desempenho e comportamento foram homenageados.

"Muitos que não alcançam a meta são, também, estudantes agostinianos por excelência. Eles, ao longo do ano, com todas as dificuldades, não desistiram e tentaram fazer o melhor. São muitos que fazem esse movimento, tanto que criamos o diploma de Honra ao Mérito para não esquecermos desses colegas. Os professores que convivem com eles os 200 dias letivos, escolheram representantes por série para que possamos dizer, simbolicamente, que a persistência e a luta diária de muitos são valores nobres e não passam despercebidos por nós", explica a diretora da unidade, Aleluia Heringer.

Compartilhe